domingo, 23 de agosto de 2015

Feira de Ciências 2015

Como a temática desta Feira de Ciências de 2015 para os 7ºABC e 9ºG, segue focado nos Biomas Brasileiros e Ciclos Biogeoquímicos, não poderia deixar de elencar algumas postagens do blogue sobre os diversos Biomas e Ecossistemas que perpassam fronteiras e demarcações regionais, que são criações humanas, frente à presença da natureza em sua total diversidade.

MATA ATLÂNTICA
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/05/no-alto-da-montanha-morro-acima-serra.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/04/vale-da-ribeira-caverna-do-diabo.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/04/descendo-la-plage.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/04/descendo-vamos-la-playa.html
Outras caminhadas são as que encaramos Botos, Mosquitos, Caranguejos, Mar Revolto, Sol e muita praia, e tudo dentro do Bioma onde vivemos, Mata Atlântica, afinal de contas, Ciências é Vida!

CERRADO
Se não estamos no litoral de nossa região Sudeste, adentramos por seu interior que quase em sua totalidade pelo Cerrado, como nesta postagem:
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/04/subindo-la-cuesta.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2013/10/mineirices-capixabas.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2013/10/faroeste-caboclo.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2015/08/interior-de-sampa-cerrado.html 

MATA DOS PINHAIS/ARAUCÁRIAS
Agora quer conhecer um pouco do Sul do Brasil, mas ainda um pouco próximo à São Paulo, temos a presença desta terra onde há grandes Araucárias.
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/07/bioma-mata-dos-pinhais-ou-das.html
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2015/08/jardim-botanico-de-curitiba.html

CAATINGA
E mesmo trabalhos realizados sobre o Nordeste e a sua presença em nosso cotidiano, somos tod@s avexad@s demais, e segue o linque:
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/06/aniversario-do-vargem-grande-migracao-x.html Ou um cadiquinho só, seu moço de música, aprocheguem-se:
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/05/caatinga-chover-cordel-do-fogo.html

E agora uma poesia nortista:
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/05/floresta-amazonica-bioma-brasileiro.html

Em breve, partirei rumo à região Centro Oeste, afinal de contas, conhecer nosso país é o básico!!

Ciclo Biogeoquímico:
http://wilsonsacrosanscience.blogspot.com.br/2011/06/ciclo-do-nitrogenio-e-seus-impactos-na.html


Atividade

1) Pesquisar sobre o bioma, segundo a distribuição por sala,  localizando Bioma no Mapa do Brasil; 

2) Apontar as principais características Biogeoquímicas do Bioma selecionado;

3) Montar uma tabela com as principais espécies (animais e vegetais) presentes no Bioma;

4) Montar gráfico com dados demográficos da região, com as principais informações: População Total, Percentual de Homens e Mulheres, Nível de Escolaridade, Faixa Etária, Taxa de Natalidade e Mortalidade;

5) Montar tabela com principais doenças da região, detalhando formas de transmissão (vetores e causas socioambientais, se houver).



quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Jardim Botânico de Curitiba

Ir à Curitiba é não ir ao Jardim Botânico é quase um sacrilégio, para amantes da natureza, das ciências, da vida que pulsa em nós, é estar conectado à existência.

 Jardim Botânico, inaugurado nos anos 1990, conta com amplas áreas, incrustado em meio à Mata de Araucárias, que de forma remanescente permeia seus 'caminhos' e 'trilhas', em seus mais 240km².
A área que circunda toda a estrutura de vidro do Jardim botânico é rodeada de amplos acessos, onde os visitantes podem acessar o espaço, salientando-se o fato de que estes corredores, nos quais no centro deles há vegetação, tornam-se FORMAS Geométricas belíssimas.



Vamos passear no parque!

Adentremos à estufa do Jardim Botânico, que abriga algumas espécies oriundos da MATA Atlântica.

 O acesso à estrutura de vidro e ferro com suas três abobadas em formato Art Noveau, se dá passando pela Fonte com a Escultura "A Mãe", a qual não podemos deixar de lado, afinal de contas, "A Mãe" Natureza nunca devemos deixar de lado.


Exuberância do chão ao teto da estufa.

Viver é tudo, conhecer nossa biodiversidade é essencial. Quem não aproveita para conhecer seu país, sua região, sua cidade e o que a vida nos oferece, sempre pode sair e encontrar o significado do dia a dia, de sua cultura, ou sempre estará na 'pindaíba' e nem sabe o porquê!


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Interior de São Paulo: Cerrado

Focando um pouco mais no interior paulista, seguimos com mais imagens sobre o Bioma Cerrado, mais ao Sudoeste do Estado, em especial às regiões de Avaré/SP e como dito no site da Unesp é um bioma Cerrado com uma característica menos 'quente' do Centro Oeste Brasileiro.

Apesar destas questões de um bioma cerrado, com características diferenciadas daquele visto no Planalto Central, como se vê na matéria citada da Unesp, a paisagem básica do Cerrado, com suas árvores e vegetações de troncos mais finos e mais retorcidos, se faz sempre presente ao olhar.




Certamente, que por Avaré ser caracterizada como "o Verde, o Sol e a Água" torna a vegetação com interfaces diferenciadas.



Estes fatores abióticos são extremamente importantes, tornando a Cidade uma Estância Turística, possibilitando a troca entre espécies vegetais e de climas.








Quanto à Fauna local, com as ponderações da APA Botucatu é possível vermos que as espécies do Cerrado, se fazem presentes sempre tendo em foco a questão da 'interdependência do bioma com a Mata Atlântica (Costa), por exemplo. No linque é possível ver mais animais do Cerrado.

Podemos ver nesta fauna local, a Coruja Buraqueira, o nome diz tudo de seus hábitos .



 Espero que tenham gostado da viagem e como aparece na imagem, visitem e voltem sempre!  


terça-feira, 22 de outubro de 2013

FAROESTE CABOCLO

Ir à Brasília é sempre uma viagem, e por lá já estive 3 vezes na última década, afinal de contas, é no Coração do CENTRO OESTE, no meio do CERRADO, que a Capital do Brasil se encontra, e se estamos na Capital, é para buscar melhorias por nosso BRASIL.
Enquanto estudantes da Unesp - Assis/SP, saímos do interior do interior e seguimos de ônibus cortando Minas Gerais e Goiás, até chegarmos no Distrito Federal, em Brasília, nossa Capital Nacional.
 Nesta primeira ida ao Centro Oeste, ficou muito perceptiva a diferença do clima e da temperatura, pois ao sairmos de Assis (interior de São Paulo) e chegarmos lá, atravessamos o mesmo 'bioma', que é Cerrado, sendo que Assis era mais úmido e frio (proximidade ao Paraná, região sul do país), mas em Brasília o clima quente e extremamente seco (difícil até de respirar).
 Sol de rachar na Praça dos 3 Poderes, logo atrás o Palácio da Justiça, aliás está estátua é a representação da Justiça, é no Ministério da Justiça. Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal, atua neste prédio e é um dos representantes deste Poder (Justiça).
 Palácio do Planalto, Sede do Executivo (Presidência da República). Este é mais um dos Poderes, dos 3 que formam os pilares da Democracia. Não se enganem com a grama deste local, pois geralmente é irrigada.
 Ainda na Praça dos 3 Poderes, fotografando um dos Símbolos da Construção de Brasília e seus Trabalhadores, os "Candangos".
 O Palácio do Itamaraty, tem como função as Representações Externas, onde o Ministério das Relações Exteriores, também é conhecido como Palácio dos Arcos.
 Simplesmente não preciso dizer nada. Amo leitura, e o mundo é o maior e melhor dos livros, só não lê quem não quer!
 A Catedral de Brasília, prédio também projetado pelo Oscar Niemeyer, que tem uns vitrais lindos, incrustados nestas estruturas de cimento.
 Como podem ver, há muita lama em Brasília, e nem sempre é literal.
 Voltando à Praça dos 3 Poderes, temos a fala solene do Presidente Juscelino Kubitschek, que lançou Brasília no Cerrado dos anos 1950, até então a Capital do país ficava no Rio de Janeiro.
 O dizeres são bonitos, mas o sangue e suor do nosso povo, em péssimas condições de trabalho, ergueram este país. À eles nosso reconhecimento.
 De frente do Palácio do Itamaraty, existe esta escultura chamada Meteoro, que representa os 5 continentes.
 Torre de TV, dentro dela ainda existe um museu de pedras e gemas encontradas na região, é usada para se ter a vista panorâmica de Brasília, onde ocorre em solo, uma Feira de Artesanato da Torre, que como dito em outra postagem, é uma forma de promover a Sustentabilidade Local, promovendo trabalho e geração de renda (Economia Solidária).
 Como se pode observar nesta imagem, Brasilia necessitou do represamento e a criação do Lago de Paranoá, que portanto é artificial, e criado para que a região se mantivesse úmida, clima extremamente seco.

 Esta vista é a partir da Torre de TV e mostra também ao fundo o Lago Paranoá, bem como em primeiro plano  a Rodoviária e Estação de Trem de Brasília, e os blocos (prédios) em 2º plano, a Esplanada dos Ministérios.
 Complexo Cultural de Brasília, que está ao lado da Biblioteca Nacional.

Congresso Nacional, prédio que congrega a Câmara dos Deputados e o Senado, formam o Legislativo que é mais um dos Poderes.
 Homenagem ao Presidente, que adentrou a Capital do Brasil, para seu centro 'geográfico' mas não Populacional.
 Candangos, símbolo do povo 'trabalhador' brasileiro, do povo que constrói essa nação, dando sua vida, pelo seu desenvolvimento.

Câmara do Comércio Exterior, com texto de  José Bonifácio, com a abertura do comércio brasileiro com as demais nações.
 Não tem como estar em natureza, e não se ater aos pássaros que dão vida ao lugar, seja com suas cores e seus cantos, e abaixo veremos alguns pássaros presentes no Centro Oeste.
 Sempre nas árvores que separam os Ministérios, sendo que muitas destas são frutíferas, principalmente, pés de mangas.

 Eu particularmente, gosto de captar a imagem destes animais tão graciosos, e para quem vive nas cidades, é sem dúvidas, um bálsamo para nossos olhos.

 E muitas pessoas, se reúnem para observar Pássaros, quando não formam clubes, com este objetivo.

Conhecer Brasília perpassa em se perceber no meio do Cerrado e vivenciar a diversidade de aves que povoam o espaço. Mais aves de Brasília, encontra aqui.
Brasília, ao fundo a Cidade com seus prédios comerciais e alguns residenciais.
Mais uma foto a partir da Torre de TV como a Esplanada dos Ministérios, ao Centro o Congresso Nacional (atrás dele a Praça dos 3 Poderes), e ao fundo nas duas laterais, o Palácio da Justiça e o Palácio do Planalto.

Vista da aproximação de chuva, formada na região dos Lagos.
Estádio e Ginásio de Esportes próximo ao Eixo Central.
Espaço Funarte.
E vista da Torre de TV em plano aberto, e destaque ao gramado um tanto ressequido do excesso de calor e a pouca arborização nesta localidade, onde geralmente, se monta eventos e se realizam as manifestações (aglomera-se na grama, desobstruindo a via).